segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Glory

Se eu fiz aquele samba pra ela,
é pra ela se perder no meio
dos meus bons costumes.
Que se eu fiz aquele samba pra ela se perder,
é que de samba eu não entendo não.
E deixa alguém chegar e me dizer
que o que importa é o tempo que passa.
E deixa alguém chegar e se perder,
no meio do meu samba, que alguém faça.
Não vou mais me procurar,
que de mim eu já estou farto.
Deixa alguém me encontrar,
passo um tempo, despeço e parto.
Adeus mundo cruel,
seja no inferno ou no céu:
Vou me juntar ao John
e fazer aquele bom e velho Rock n' Roll.

Um comentário:

Kunoichi'dream disse...

esse seu samba que fará fama a quem irá ouvir, dos dias de esperança de jovens que um dia
farão o rock resurgir.
de uma vida inteira de experiencia
estaremos não a menos ao lado
de um cara que nos fez sentir
que a música mais do que tudo
é aquilo que nós faz sorrir :D

*tosco beijomeliga*