sábado, 2 de setembro de 2017

Enquanto encontro encantos
Esqueço o quanto esvaio
Abro, fecho, entro, saio
Enquanto canto meu ensaio

E caio e retorno pro mesmo torno 
Pro mesmo giro e me viro ao contrário
Conto quantos contos, quantas tantas
E sou eu o meu encanto ao fim das contas

sábado, 27 de maio de 2017

O sono me derrubou por meses,
Todas as noites eu dormi. 
Ontem, como uma nova empreitada, permaneci acordado
E mudei 

A insone metamorfose dos adultos me serve agora de remédio pro mal que nem imaginava ter: ser normal

Não vou ler a bula