quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Quero memórias boas, pra ter o que lembrar quando o tédio me pegar desprevenido (eu sempre to desprevenido).
Queria dormir e sonhar lembranças, não sonhar sonhos inatingíveis.
Aah, eu queria tanta coisa.

2 comentários:

Lucas disse...

as vezes eu não sei se quero que meu despertador toque. mas no fundo, acabo querendo nada.

as coisas boas virão, léo.
prepare as cervejas que logo logo as festas começarão!

bibi disse...

O despertador do Luquinhas vai resolver trabalhar quando? Você também precisa de um despertador, Léo?

Tcharããããrãrã: voltei com o blog! Eba!