sábado, 30 de janeiro de 2010

A Falta de Educação do Ministério

Sim, as manutenções foram concluídas. Sim, o servidor está funcionando perfeitamente. O que esqueceram de avisar aos estudantes é que o sistema de inscrição também é falho, e que o tal "perfeitamente" citado ali acima não é tão perfeito assim.
Uma sexta-feira inteira de frustrações, revolta, raiva. E agora: Sejam bem-vindos a um sábado proporcionalmente igual ou até pior!
Mas já era de se esperar, o respeito com os estudantes parece não fazer mais parte do repertório do MEC. Provas roubadas, datas adiadas, dois longos dias de uma prova cansativa e mal elaborada. As notas não são como se esperava, porque, como disseram, o "sistema" consegue saber se você estava colando ou não, portanto você merece perder pontos se estivesse. E, como se já não fosse bastante tantos problemas assim, o nosso grande amigo SiSU chega pra abalar!
Disseram que o sistema suportava 200 mil inscrições simultâneas, então, me avisem se eu estiver errado, mas porque apenas 45 mil inscrições foram feitas no primeiro dia? E porque outros tantos alunos ficaram sem fazer as suas?
Às 22:15 horas do dia 29 de janeiro o site de inscrições saiu do ar e no lugar dele havia uma página dizendo que o sistema estava em manutenção e que as melhorias necessárias estavam sendo tomadas. O sistema voltaria ao seu funcionamento às 06:00 horas do sábado dia 30. Me desculpem, mas se o que estamos presenciando no exato momento (das 06:00h até as 08:41h da manhã do sábado) for o funcionamento do sistema, este sistema é realmente uma droga. Ainda existem falhas na conexão, mas já é possível fazer o login - ou tentar fazê-lo, já que o site continuamente afirma que a confirmação visual não está correta, e te faz colocar tudo denovo (deve ter sido esse mesmo sistema que usaram pra saber se você estava colando ou não na hora da prova). Após o demorado login, finalmente conseguimos alterar a nossa senha e, adivinha? Mais alguns minutos tentando comprovar para o sistema que você não é um robô, porque você terá que refazer o login com a nova senha - a qual eu acredito que seja a mesma na maioria dos casos, pois você já podia escolher uma senha pessoal na inscrição do ENEM.
Agora chega a parte mais legal de tudo. O site demora pra abrir, mas você acaba conseguindo achar sua faculdade e curso de escolha, é claro que após alguns refreshs nas páginas do processo. Só que, o sistema não vai pra frente, e eventualmente você acaba caindo na tela de login denovo, e tem que fazer tudo novamente.
É gostoso também olhar na barrinha do lado esquerdo do site, onde avisa que só faltam 4 dias para você terminar a inscrição. É como se fosse uma prova de programa de auditório, quem tiver resistência para concluir o processo até dia 3 de fevereiro leva a vaga. O problema é que nem todos possuêm computadores ligados à internet para acessar a hora que quiserem e tentar levar o prêmio. Existem pessoas que precisam se deslocar até uma lan-house, pagar caro para ter usar o serviço, e mesmo assim saírem de mãos abanando.
Se a meta do MEC era descontrair os alunos, já stressados com os outros vestibulares, parabéns: o ENEM e o SiSU foram uma piada realmente boa. Mas acho que já é hora de parar com as piadas, Vossas Senhorias, tem bastante gente que precisa que os serviços do governo funcionem. Eu sei que não é o caso dos senhores, mas, acreditem, pessoas sofrem nesse país.

Léo Rigotto, tentando se inscrever mas até agora nada.

Um comentário:

J. disse...

com raiva o negócio funciona o.o
mas nao que nao funcionasse.